Psicologia das cores no ambiente de trabalho

Confira como as cores podem transformar o seu projeto, reforçando o bem-estar em ambientes comerciais e corporativos.

Provavelmente você já ouviu falar em Psicologia das Cores. Esse conceito tem aplicação para várias áreas e com diversos objetivos.

Entre eles, estão estimular comportamentos vinculados a estratégias de publicidade, ou adequar as sensações transmitidas através do design de interiores no ambiente de trabalho.

Em primeiro lugar, as cores geram determinados sentimentos e atitudes comuns entre as pessoas.

Por isso, a teoria das cores também tem aplicação ao ambiente corporativo, uma vez que o efeito das cores pode influenciar no comportamento dos funcionários, seus níveis de produtividade, humor e atitudes.

As cores da decoração também importam

Na decoração, as cores podem provocar diferentes efeitos no ambiente de trabalho, tanto fisicamente quanto emocionalmente.

O preto, por exemplo, é elegante quando na medida certa. Em excesso, pode pesar no ambiente e até fazer com que ele pareça menor do que é na realidade.

Já o cinza em tom muito forte pode causar sensação de tristeza ao local, como também remete à inovação e modernidade: tudo depende da medida usada.

Em contraponto, o branco passa uma sensação de amplitude, pureza, limpeza e paz. Mas, por ser neutro, quando predomina, sem misturas com outros tons, pode tornar o ambiente sem graça e com pouco vigor.

Já os tons amarelos são mais quentes e se apresentam como uma alternativa aos ambientes com pouca luz natural. Eles auxiliam na criatividade e sugerem a sensação de alegria.

O vermelho, cor da paixão, pode proporcionar mais energia ao local de trabalho. Contudo, é preciso evitar o exagero para não causar uma fadiga visual e irritabilidade nos funcionários.

Por outro lado, o verde e o azul remetem à tranquilidade e ao equilíbrio e, portanto, podem ter efeito calmante no ambiente.

Mas como não errar na hora de combinar as cores?

Como vimos, na hora de escolher as cores para decorar sua empresa, é importante ficar longe dos excessos. Mas como saber exatamente qual é a melhor escolha para cada ambiente corporativo e se ela afetará a equipe positiva ou negativamente? 

Confira a seguir algumas dicas para te ajudar nesse processo!

  1. Cores Vibrantes para dar energia

Entenda que cores mais intensas e vibrantes são excelentes para ativar a criatividade, o movimento e a inovação dentro de uma empresa. Então não tenha medo de apostar nelas para quebrar a monotonia de alguns espaços. Mas é claro que é importante não abusar dos tons e saber em que tipo de ambiente eles fazem mais sentido.

  1. Invista em cores coringa

As cores neutras auxiliam em qualquer tipo de decoração. Por isso, ao aplicar essas cores no escritório, você tem mais possibilidade de investir em uma decoração mais moderna. Então, tudo depende de qual é o seu objetivo.

  1. Considere a função de cada espaço

É preciso pensar em cada espaço e nas suas utilidades antes de decidir as cores para sua empresa. Assim, é possível ousar mais na escolha de certos espaços e ir para um lado mais neutro em outros. 

  1. Escolha um Mobiliário Corporativo que combine com o ambiente

Se você quer que o seu ambiente de trabalho seja o mais agradável possível, também é importante pensar nas cores desse espaço empresarial em sintonia com seu mobiliário. Por isso, encontrar uma boa variedade de mobiliário corporativo dará a você mais liberdade na hora de escolher as cores para seu escritório.

Gostou dessas dicas para colorir os seus projetos?

Aqui no Buy Office, você encontra tudo o que é necessário para tornar seu projeto comercial ou corporativo um sucesso!

Acesse nossa loja virtual para conferir nossos produtos: buyoffice.com.br

Você também pode gostar: