Os benefícios da biofilia na arquitetura

Este termo pouco comum, que remonta do grego antigo, significa “amor às coisas vivas”. Conheça!

Você já ouviu falar em “biofilia”?

Este termo pouco comum, que remonta do grego antigo (philia = amor a / inclinação a), significa “amor às coisas vivas”.

Embora essa palavra pareça relativamente nova, é usada como atribuição a uma tendência gradual nos campos da arquitetura e design de interiores. Assim, o princípio agregado à biofilia é conectar humanos com a natureza, para melhorar seu bem-estar.

Mas como os arquitetos podem alcançar essa conexão?

Ao integrar a natureza aos seus projetos, é claro!

Vamos a um teste simples? Quando uma pessoa é instigada a imaginar um cenário de completo relaxamento, o mais provável é que a primeira imagem que vem à mente seja um lugar cercado pela natureza, de campos ou florestas, com montanhas ou vista para o mar.

Dificilmente você projetará seu cenário ideal de relaxamento para um escritório ou um shopping center, não é mesmo? Essa desconexão entre os ambientes do dia-a-dia e o que atribuímos ao bem-estar acende um alerta. Afinal, a maioria das pessoas passa quase 80-90% do tempo dentro de edificações e deslocando-se de casa ao seu local de trabalho.

Como aplicar a Biofilia nos projetos

Trazer a sensação de bem-estar a espaços de trabalho funcionais e perfeitamente adequados à rotina de trabalho exige atenção a algumas possibilidades. A principal estratégia é adaptar as características do ambiente natural aos espaços construídos, como água, vegetação, bastante luz natural e elementos como madeira e pedra, principalmente expostos.

Vale, também, explorar formas e silhuetas botânicas em vez de linhas retas. Essa é uma característica fundamental em projetos biofílicos, além de apostar em relações visuais, por exemplo, entre luz e sombra.

A biofilia para o aumento de produtividade

Existem muitos estudos a respeito dos benefícios da integração da natureza aos espaços de trabalho. Afinal, uma pessoa passa, em média, de 8 a 9 horas por dia sentada dentro de um escritório.

A rotina tem seus reflexos sobre o corpo humano, gerando impactos negativos que incluem alterações do metabolismo e risco maior para o desenvolvimento de diabetes e doenças cardiovasculares. Isso sem falar nas consequências da má postura!

Por isso, muitos projetos biofílicos têm sido integrados por arquitetos a escritórios modernos, apostando no aumento da produtividade e da sensação de bem-estar entre funcionários.

Em outras palavras, nessa tendência, quanto menos um escritório se parecer um escritório, melhor!

E você, gosta dessa perspectiva, ou prefere ambientes mais tradicionais?

O importante é sempre ter em mente a funcionalidade dos espaços e, também, a qualidade necessária na hora de escolher o mobiliário ideal para o seu projeto.

Você também pode gostar: